Quinta da Fidalga recebeu o Workshop Interdanças

Workshop Interdanças teve este ano um aumento significativo no nº de participantes relativamente à edição da 33ª Seixalíada (75 participantes em 2016, mais 48 participantes em 2017).

A maioria dos participantes esteve na Quinta da Fidalga durante todo o dia, pelo que participaram em várias aulas.

O workshop teve 19 aulas, tendo funcionado em 3 espaços diferentes com 3 aulas a acontecer em simultâneo, tendo sempre cada aula um nº significativo de participantes, a última aula foi de Bollywood e realizou-se no átrio da Quinta da Fidalga.

Em 2017 optou-se por incluir aulas que nunca tinham estado presentes no workshop e outras em que já tendo existido foram ministradas por outros professores, cumprindo com o objetivo de aumentar o reportório dos participantes e apresentar novas experiências com os novos professores.

Lista das aulas, professores correspondentes e nº de participantes por aula:

Ballet Adultos – Alexandra Meném – 13 participantes

Contemporâneo - Rute Flor – 11 participantes

Carácter – Sandra Costa – 29 participantes

Afro House - Whitney Falcão – 17 participantes

Burlesco – Fabiana – 17 participantes

D. Tradicionais de Cabo Verde – Chindo Ramalho – 32 participantes

Dança Criativa – Rute Flor – 8 participantes

Ballet Kids – Ana Perdigão – 16 participantes

Girly – Inês Cunha – 9 participantes

Danças Tradicionais Europeias – Luís Guerra – 27 participantes

Hip Hop – Vanessa Freitas – 13 participantes

Break Dance – B Boy Mucha – 15 participantes

Dança Oriental – Telma Nurr – 9 participantes

Tribal – Karina Ismael – 17 participantes

Forró – Solom – 31 participantes

Krump – Gressive – 10 participantes

Kizomba - Chindo Ramalho – 21 participantes

Dance Hall - Karina Ismael – 9 participantes

Bollywood – Sara Almeida – 35 participantes

O balanço é muito positivo e definitivamente a Quinta da Fidalga é o local ideal para a realização deste workshop. Os professores que participaram pela primeira vez gostaram muito do espaço apesar de não ter as condições ideais de uma sala de dança, consideram que é perfeitamente adaptável e que é importante a dança também ter esta abordagem.